quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Aniversário da amiga Michèle Sato

Hoje é um dia mega-especial: aniversário de Mi Sato
Ofereço-te Águas do Pantanal.
Águas que nascem na Chapada...
Águas que conectam com o oceano...
Águas que trazem a leveza, a beleza, a critividade
Águas que nos ligam com o feminino que há em nós.
Águas que beijam o chão e propiciam a origem de muitas vidas.
Águas
bichos
flores
e muitos amores para você, Michèle.

Fotos de  Ruth Albernaaz - Paraguai river.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Pensamento do dia

O amor é quando a gente mora um no outro.Mário Quintana


Fotografia cortesia do Jeremy , Harwell Photography

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Qual seu poema de Primavera?

Flor de urucum do quintal da casa dos meus pais




Primavera

Cecília Meireles


A primavera chegará, mesmo que ninguém mais saiba seu nome, nem acredite no calendário, nem possua jardim para recebê-la. A inclinação do sol vai marcando outras sombras; e os habitantes da mata, essas criaturas naturais que ainda circulam pelo ar e pelo chão, começam a preparar sua vida para a primavera que chega.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Dia Mundial sem Carro

por Karol Assunção, da Adital

Nesta quinta-feira (22), celebra-se o Dia Mundial sem Carro. A ideia é deixar o automóvel particular em casa e procurar meios alternativos para se locomover: pode ser a pé, de bicicleta, ônibus, metrô, trem ou qualquer outra forma alternativa ao carro. Cidades de várias partes do mundo já iniciaram ações de sensibilização e mobilização para a data.

domingo, 11 de setembro de 2011

O Povo Rikbaktsa está ameaçado pelas Usinas Hidrelétricas

Viagem ao Povo Indígena Rikbaktsa
 O povo Rikbaktsa pede ajuda...

canoa indígena Rikbaktsa


casa tradicional indígena

meninos brincam nas águas do Rio Juruena

Anciãs Rikbaktsa que usam tatuagem tradicional.

Os Rikbaktsa vivem atualmente na Região de Juína/Brasnorte/Cotriguaçu. As aldeias que visitamos ficam ao longo da margem direita do Rio Juruena. O povo encontra-se ameaçado por possíveis construções de PCHs e de uma Usina Hidrelétrica de grande porte - que se for construída acabará com todas as aldeias que visitamos ao longo do Rio - fica aqui UM ALERTA E UM PEDIDO PARA QUE TODA SOCIEDADE BRASILEIRA ACOMPANHE O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM VÁRIOS POVOS INDÍGENAS DO BRASIL ATINGIDOS POR BARRAGENS. O QUE PODEMOS FAZER PARA AJUDAR OS RIKBAKTSA CONTINUAREM TENDO O DIREITO DE SER QUEM SÃO...?
Fotos de Ruth Albernaaz e Adriano Castorino em junho de 2011.

Para saber mais sobre o Povo Rikbaktsa acesse o site do Instituto Socioambiental.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Maria Bethania - Yemanja Rainha Do Mar/ para uma flor chamada Regina Silva

01 de setembro nasce uma flor chamada REGINA SILVA
Amiga, desejo que a sua vida seja repleta de flores e amor, felicidades sempre!!!

 A Terra em flor
Amor
Delicada Regina
Flor de Silva


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O VENENO ESTÁ NA MESA



O Comitê do RJ da Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e pela Vida fez o lançamento, no último dia 25, do novo documentário de Silvio Tendler: “O veneno está na mesa”. O filme mostra o perigo a que se está exposto por conta do emprego de agrotóxicos na agricultura, e como este modelo beneficia as grandes transnacionais do veneno em detrimento da saúde da população.
Sinopse:
O Brasil é o país do mundo que mais consome agrotóxicos: 5,2 litros/ano por habitante. Muitos desses herbicidas, fungicidas e pesticidas que consumimos estão proibidos em quase todo mundo pelo risco que representam à saúde pública. O perigo é tanto para os trabalhadores, que manipulam os venenos, quanto para os cidadãos, que consumem os produtos agrícolas. Só quem lucra são as transnacionais que fabricam os agrotóxicos. A idéia do filme é mostrar à população como estamos nos alimentando mal e perigosamente, por conta de um modelo agrário perverso, baseado no agronegócio.