Artista Visual

Suas imagens interpretam afetos da natureza e do ser humano.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014


Divulgação da exposição Voos Xamãnicos


http://redeglobo.globo.com/tvcentroamerica/ebemmatogrosso/noticia/2014/11/dicacult-exposicao-em-dose-dupla-black-mirror-e-voos-xamanicos.html


http://www.evento.br.com/eventos/376796/voos-xamanicos

direto.com.br/conceito/noticias/exibir.asp?noticia=Exposicao_Voos_xamanicos_levam_os_passaros_imaginarios_de_Ruth_Albernaaz_ao_publico&id=6052

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Curadores da Exposição Voos Xamãnicos de Ruth Albernaaz

Desde o primeiro minuto que concebi o projeto desta exposição, não a conseguia imaginar sem a presença desta amiga-irmã Imara Quadros. Quero expressar minha gratidão à curadora Imara, que compartilha essa empreitada junto ao Benedito Nunes. A Ima, como nós amigas a chamamos carinhosamente, é ímpar, uma profissional extremamente dedicada à tudo que resolve investir sua energia em realizar... Nos conhecemos a aproximadamente 19 anos e fizemos alguns trabalhos em parceria. Temos uma sintonia enorme quando vamos trabalhar e compartilhar coisas da nossa vida pessoal.
Segue um pouco do currículo da imara para vcs a conhecerem melhor:
Licenciada em Educação Artística pela Universidade de Passo Fundo - UPF (1986), com Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT (2006) e Doutora em Educação pela UFMT. Com experiência há mais de 30 anos, na área Educacional, atuando em Escolas Públicas e Privadas do estado do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso, na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio e no Ensino Superior nos Cursos de Educação Artística, Pedagogia e Indígena. Atualmente, Docente de Artes do IFMT - Campus Cuiabá, Consultora e Assesssora em Arte Educação (Arte para o Ensino Básico) e Arte Educação Ambiental (Projetos e Oficinas para educação não escolarizada).



Gostaria de começar a semana agradecendo ao amigo querido Benedito Nunes que prontamente aceitou compartilhar a curadoria com a Imara Quadros. "Benê" como o chamo carinhosamente é um artista exemplar , defensor da conservação do Cerrado, que me inspira muito nesse ofício de ser artista.




https://www.facebook.com/events/969418119738931/

sábado, 1 de novembro de 2014

Exposição Voos Xamãnicos


A exposição “Voos xamânicos”  é constituída por obras que nos remete a um habitat idealizado  com pássaros imaginários, fazendo um contraponto com os significativos impactos ambientais vividos em  Mato Grosso. A expressão da artista no contexto ambientalista regional ancora a idéia de valorização e respeito aos elementos da natureza, condição sine qua non para a qualidade de vida no Planeta no seu mais amplo sentido. Os pássaros imaginários nos remetem ao mítico poder xamânico dos povos ancestrais habitantes dos ecossistemas da nossa região. Esse diferenciado olhar nos provoca reflexões para além da estética. Com técnicas mistas,  a partir de experimentações ao longo de sua trajetória, a bióloga e artista Ruth Albernaaz  inova com sua arte contemporânea exposta na Galeria do Sesc Arsenal, de 07 novembro a 19 de dezembro.

CURADORIA: Benedito Nunes e Imara Quadros
ILUMINAÇÃO: João Quadros 
AGÊNCIA DE CRIAÇÃO E PUBLICIDADE: Donamaria by João Gordo 
EDITORA: Entrelinhas
MOLDURAS E TELAS: Casa das Molduras
ONDE: Galeria do Sesc Arsenal
QUANDO: de 07 de novembro a 19 de dezembro de 2014
Horário de visitação: terça a sábado das 14 às 21 h; domingos e feriados das 16 a 21 h.









quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Mais notícias do Coletivo Não reclame do calor plante uma flor

http://catracalivre.com.br/sp/sustentavel/indicacao/nao-reclama-do-calor-plante-uma-flor/

Não Reclame do Calor, Plante uma Flor

Redação em

Um grupo de jovens resolveu enfrentar o calor de um jeito diferente – e eficiente.
Eles foram no árido Largo Batata produzir sobras, plantando árvores. Como todos sabem, mais árvores, com suas sombras, menos calor.
O gesto foi inspirado num coletivo de Cuiabá chamado Não Reclame do Calor, Plante uma Flor. Desde 2012, eles já plantaram 250 mudas pela cidade.
O projeto Imagina na Copa decidiu estender ação pelo Brasil, como no Largo da Batata.
Passo-a-passo-Missao-9

Notícia sobre o Coletivo Não reclame do calor plante uma flor



http://www1.folha.uol.com.br/empreendedorsocial/minhahistoria/2014/01/1397005-para-amenizar-o-calor-amigos-criam-coletivo-para-plantar-arvores-em-cuiaba.shtml

13/01/2014 - 15h06

Para amenizar o calor, amigos criam coletivo para plantar árvores em Cuiabá

Publicidade
DE SÃO PAULO
Ouvir o texto
Cansados de ler reclamações nas redes sociais sobre o forte calor que atinge Cuiabá, em Mato Grosso, um grupo de amigos resolveu sair do mundo on-line e pôr a mão na massa, ou melhor, na terra.
O grupo criou o coletivo "Não reclame do Calor, Plante uma Flor" que propõe uma solução simples para o problema que aflige os moradores: plantar mudas de árvores para diminuir o calor. Além disso, procuram sensibilizar, conscientizar e incentivar a população sobre a importância que todos têm em preservar a natureza.
"Cuiabá é uma cidade quente, chega até a 45º C no pico de calor. Eu resolvi escrever uma carta para os amigos para que parássemos de reclamar do calor e plantássemos flores", conta a integrante do coletivo Ruth Albernaz.
Apesar de o calor está presente na cidade praticamente durante todo o ano, o grupo notou que ele é sentido de maneira mais intensa nos locais com asfalto e altas construções. "A ideia é rearborizar a cidade e melhorar nossa qualidade de vida. Porque, se vivermos na sombra, teremos cerca de 3 graus a menos", constata Albernaz.
O coletivo "Não reclame do Calor, Plante uma Flor" pretende tornar-se um modelo de mobilização urbana e servir de exemplo para outros lugares. "A nossa cidade precisa voltar a ser um local verde", acredita a integrante do grupo Érica Mello.
O coletivo aponta os seis passos para levar a iniciativa para o dia a dia de qualquer cidade: escolha o ambiente que irá plantar e observe as características do local; consiga uma muda pronta ou cultive sua própria semente; prepare a terra, afofe, adube e cave o buraco; plante sua muda; regue sua planta e conviva com ela.
"Uma ideia que povoa nossos pensamentos e sentimentos é que, mesmo estando na cidade, a gente coabita esse espaço. Quando plantamos uma árvore não é só para nós, seres humanos, mas também para os animais", conta Albernaz.
Iracema Albernaz é moradora da Chapada dos Guimarães, também em Mato Grosso, e acredita que o plantio das árvores também deve acontecer em seu município. "Temos que plantar muitas árvores, porque o calor está muito [forte]. Se na Chapada, que era fresco está assim [quente], imagina em Cuiabá?", diz.
Para Ruth é importante que o processo do plantio envolva os vizinhos e toda comunidade. "Assim você cuida da sua árvore, ele pode futuramente plantar e cuidar da dele."

Coletivo Não reclame do calor plante uma flor pulsando em sua ciranda pelo Brasil


O projeto Imagina na Copa selecionou o Coletivo Não reclame do calor plante uma flor como uma iniciativa a ser seguida, assista ao vídeo:








segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Quadros expostos no SALÃO DE ARTE DE MATO GROSSO - Ed. 2013.

Quadro Pássaros Imaginários.

Quadro Recital de Pássaros em Chapada.


Abertura  do Salão de Arte de Mato Grosso: o médico homeopata Reinaldo Mota, a artista  Mazé Oliveira, artista plástica/bióloga Ruth Albernaaz  e a artista/engenheira Rosylene Pinto. Dezembro de 2013.