Artista Visual

Suas imagens interpretam afetos da natureza e do ser humano.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Paisagem imaginária do Cerrado

O Cerrado na primavera me ensina a ter resiliencia e acreditar que a vida estará sempre seguindo seu percurso natural
Acreditar no fluxo da vida, eis um grande desafio para todos nós.

Mista s/ tela
junho de 2017
30 x 70 cm
Visite o ateliê Maloca do Quati
Rua Ricardo Franco, 609
Centro Histórico de Cuiabá - MT

terça-feira, 30 de maio de 2017

Inspirado em Manoel de Barros



Olhar para todos os lados, olhar para as coisas mais pequenas, e descobrir em todas uma razão de beleza.
Agradecer a Deus, que a gente ainda não sabe amar direito. A harmonia que a gente sente, vê e ouve.
A beleza que a gente vê saindo das rosas, a dor saindo das feridas.
Agradecer tanta coisa que a gente não pode acreditar que esteja acontecendo. Lembrar de certas passagens. 
Fechar os olhos para ver no tempo.
Sentir a claridade do sol, espalmar os dedos, cofiar os bigodes, lembrar que tinha saído de casa sem destino, que passara num bar, que ouvira mazurca,
E agora estava ali, muito perdidamente lembrando coisas bobas de sua pequena vida.
Manoel de Barros

🕉