Artista Visual

Suas imagens interpretam afetos da natureza e do ser humano.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

MESTRE VITALINO - berço da cerâmica figurativa de Pernambuco

Hoje gostaria de compartilhar o privilégio de conhecer a casa onde Mestre Vitalino morava no Alto do Moura, em Caruaru - Pernambuco...
Era um domingo [20 de outubro de 2013] - estava quase no final de um passeio em Recife e amanheci extremamente balançada - na dúvida se iria para os lados do agreste visitar dois mestres que moram em meu coração: o ceramista e músico Mestre Vitalino e o xilogravurista J. Borges.  Liguei no atelier de J. Borges e uma pessoa chamada Nena me atendeu e disse que a atlier fica fechado no domingo  - mas que eu fosse que ela nos atenderia [minha sogra dona Maria Mota, a irmã dela tia Francelina e eu]. Ao mesmo tempo a tia Francelina marcou um encontro com um casal de amigos que moram em Panelas - uma cidade vizinha de Caruaru.Tudo fluiu e fomos para o interior do estado.

Mestre Vitalino é um mestre da cerâmica figurativa nordestina.




Placa na entrada do museu.

 Escultura do M. Vitalino que fica no jardim do Museu.


Vista da casa museu do Mestre.

                                            

Quando chegamos no museu - o Severino  - ceramista filho de mestre Vitalino estava fechando a porta do museu naquele momento... Não hesitei nem um segundo entrei correndo e disse que J. Borges havia mandado um abraço pra ele [ Borges é o assunto do próximo post] e que havíamos viajado muito para ver a casa do Mestre...




Então Severino prontamente a abriu a casa do mestre e nos mostrou toda a ambiencia onde um dos maiores artistas da Arte Popular brasileira viveu. Um enorme sentimento de gratidão e amor à Arte invadiu-nos nessa alegria de poder simplesmente estar ali.


Quarto de Mestre Vitalino com sua cama e uma linda colcha artesanal feita de fuxico.



Escultura do centenário de M. Vitalino.



Pífanos de Mestre Vitalino.


Fogão e apetrechos de M. Vitalino.



Vista interna do Museu.


Severino indo embora depois de nos atender com maior gentileza e alegria de viver...


Após visita  no Museu, encontro com o casal de pernambucanos Lena e Lelo.


Eu, sentindo toda vibração de pura Arte e simplicidade de Mestre Vitalino. Gratidão por esse momento inesquecível em Alto do Moura. Daí seguimos para um restaurante típico para um mergulho no universo gastronômico comandado pela iguarias de carne de bode...[!!!] Viva a vida.

Para quem não conhece a biografia do Mestre Vitalino - pode encontrar informações nesses sítios:



A HERANÇA DE MESTRE VITALINO

MESTRE VITALINO E NÓS NO BARRO